Importância do Blog na vida de um profissional!

O Blog está me trazendo vários benefícios conforme o Adelson descreve abaixo, mas um dos benefícios mais legais é ter a possibilidade de conhecer uma série de pessoas interessantes. No caso do Adelson, ainda não tive a oportunidade de conhecê-lo pessoalmente, porém ele já me ajudou muito com as suas informações, admiro muito o trabalho que ele realiza no “Gerenciando o Blog”. Considero-o um amigo virtual, tanto que solicitei a ele este Guest Post.

Alexandre Silva

Vamos ao post:

Quando recebi o convite do Alexandre para escrever este artigo no Gravata Solta, gastei algum tempo refletindo sobre a questão: como um blog pode ser importante na vida de um profissional? Há algumas situações distintas para se considerar neste tema e pretendo explorar algumas delas, dando o meu ponto de vista pessoal sobre cada situação.
Situação 1: Você é o responsável por manter o blog de sua empresa
De todas as situações que tratarei aqui, esta é a que exige maior responsabilidade. Claro que todas as outras também têm essa implicação, mas neste caso específico você estará representando uma entidade maior e precisa estar ciente do que isso significa.
O blog é um mecanismo para um contato direto com os agentes envolvidos com a empresa, sejam seus clientes, fornecedores, funcionários ou sociedade em geral. Diferente de um portal corporativo, que é mais impessoal, no blog você mostrará a sua cara e estará sujeito às mais diversas reações de quem o lê. Para todos os efeitos, você é o representante da empresa e o que você escrever será interpretado como sendo a opinião corporativa.
A responsabilidade é enorme, mas o trabalho bem feito gerará diversos frutos. Um contato bem feito com o público é uma estratégia interessante de relações públicas. Por isso, o profissional por trás de um blog corporativo bem sucedido ganha destaque e respeito. Ele passa a ser a ponte de ligação entre a empresa e as entidades que a vêem no mundo virtual.
Por isso, além das competências necessárias para manter o blog, também é necessária a esse profissional a capacidade para definir o que pode ser levado ao blog e qual a melhor forma para se fazer isso.
Situação 2: Você mantém um blog em sua área de atuação profissional, mas desvinculado de sua empresa
Este é o caso em que me enquadro. Trabalho há 10 anos na área de TI e há 1 ano mantenho um blog ligado à tecnologia, o Gerenciando Blog, mas sem relação com a empresa em que trabalho.

Um grande benefício desta situação é a possibilidade de explorar aspectos de minha área de atuação profissional que não fazem parte do meu dia a dia. Durante a pesquisa para os artigos, não raro me deparo com conhecimentos que são incorporados ao meu trabalho e mostram-se úteis para resolver alguns problemas enfrentados.
Outro aspecto benéfico é a formação de “networking”, cujos aspectos positivos todos já conhecem. É natural que seu blog seja acompanhado por outros profissionais da mesma área de atuação, o que permite uma interação com pessoas que talvez você nunca viesse a conhecer fora do ambiente virtual.
O último aspecto que destaco é o desenvolvimento de competências relacionadas à comunicação, tão importantes hoje para profissionais de todas as áreas. Um blog é um exercício de expressão, que leva seu autor a ler, pesquisar e, especialmente, escrever muito. Quando isso é feito de forma séria, traz benefícios incríveis para o desenvolvimento dessas habilidades.
Situação 3: Você mantém um blog sobre um assunto totalmente desvinculado de sua área de atuação profissional
Também posso me enquadrar nesta última situação. Além do Gerenciando Blog, também mantenho outro blog, o TD Séries, onde escrevo críticas sobre os seriados de TV a que assisto. Mesmo nesta situação ainda vejo benefícios para o aspecto profissional do autor do blog.
O primeiro deles é algo que já citei na situação anterior: a atividade regular da escrita – sobre qualquer assunto que seja – é uma das melhores formas para ampliar seus conhecimentos e melhorar suas habilidades de expressão e comunicação. Em maior ou menor escala, todos nós produzimos conteúdos escritos em nossas atividades profissionais, desde um simples e-mail até um catálogo ou apresentação profissional. Você sentirá melhorias sensíveis nessas atividades na medida em que exercitar sua escrita em um blog.
O outro aspecto positivo é o fato do blog, neste caso, servir como uma atividade de lazer, para aliviar um pouco do stress que todos nós passamos em nosso dia a dia. Afinal, ninguém é de ferro!

Resumindo: seja qual for a sua situação, um blog pode lhe trazer excelentes benefícios profissionais. Por outro lado, é importante que você tenha ciência de que é uma atividade que exige tempo e dedicação. Cabe a você avaliar os dois lados e decidir se vale a pena dedicar-se a essa atividade.

Adelson Smania